Lançamentos em DVD: janeiro 2018 - por Allyson Rodrigues

AO CAIR DA NOITE 2017 (1h 32min)

Direção: Trey Edward Shults

Elenco: Joel Edgerton, Kelvin Harrison Jr., Carmen Ejogo mais

Gêneros Terror, Suspense

Nacionalidade EUA

Paul (Joel Edgerton) mora com sua esposa e o filho numa casa solitária e misteriosa, mas segura, até que chega uma família desesperada procurando refúgio. Aos poucos a paranóia e desconfiança vão aumentando e Paul vai fazer de tudo para proteger sua família contra algo que vem aterrorizando todos.

Em seu primeiro longa, o diretor Trey Edward Shultz mostra um domínio narrativo impressionante. O universo pós-apocalíptico criado pelo cineasta é apenas sugerido, fato que assusta mais do que incomoda. Não espere reviravoltas ou explosões, aqui o terror é apenas psicológico. NOTA:8,0

A BATALHA DOS SEXOS  2017 (2h 02min)

Direção: Jonathan Dayton, Valerie Faris

Elenco: Emma Stone, Steve Carell, Andrea Riseborough mais

Gêneros Biografia, Drama, Comédia

Nacionalidades Reino Unido, EUA

 Uma disputa de tênis entre o ex-campeão Bobby Riggs (Steve Carell) e a líder da classificação mundial Billie Jean King (Emma Stone) se torna centro de um debate global sobre igualdade de gêneros. Presos sob a atenção da mídia e com ideologias diferentes, Riggs tenta reviver as glórias do passado, enquanto King questiona sua sexualidade e luta pelos direitos das mulheres.

Divertido e brilhante, a produção consegue abordar temas como feminilidade e homossexualismo de modo prático e inteligente sem nunca ser panfletário. Emma Stone é a alma do filme, mas quem rouba a cena é Steve Carrel, como seu fanfarrão oponente. Tudo isso baseado em fatos reais. NOTA: 9,0

KINGSMAN – O CIRCULO DOURADO 2017 (2h 21min)

Direção: Matthew Vaughn

Elenco: Taron Egerton, Colin Firth, Mark Strong mais

Gêneros Ação, Espionagem, Comédia

Nacionalidades Reino Unido, EUA

 Um súbito e grandioso ataque de mísseis praticamente elimina o Kingsman, que conta apenas com Eggsy (Taron Egerton) e Merlin (Mark Strong) como remanescentes. Em busca de ajuda, eles partem para os Estados Unidos à procura da Statesman, uma organização secreta de espionagem. Juntos, eles precisam unir forças contra a grande responsável pelo ataque: Poppy (Julianne Moore), a maior traficante de drogas da atualidade.

Esqueça do tom politicamente incorreto e da atmosfera pop do primeiro Kingsman. Esta continuação investe em perseguições exageradas e situações bizarras que transforma a produção num típico produto hollywoodiano para adolescentes. O ‘ressuscitamento’ do personagem de Colin Firth é constrangedor e nem mesmo o carisma de Julianne Moore salva o desastre. NOTA: 1,0

PLANETA DOS MACACOS – A GUERRA 2017 (2h 20min)

Direção: Matt Reeves

Elenco: Andy Serkis, Woody Harrelson, Steve Zahn mais

Gêneros Ficção científica, Ação, Aventura

Nacionalidade EUA

Humanos e macacos cruzam os caminhos novamente. César (Andy Serkis) e seu grupo são forçados a entrar em uma guerra contra um exército de soldados liderados por um impiedoso coronel (Woody Harrelson). Depois que vários macacos perdem suas vidas no conflito e outros são capturados, César luta contra seus instintos e parte em busca de vingança. Dessa jornada, o futuro do planeta poderá estar em jogo.

Se na produção anterior o confronto se deu entre os macacos, aqui a guerra é entre os humanos, não que os macacos estejam em segundo plano, muito pelo contrário, são personagens centrais. Embora Matt Reeves escorregue um pouco no melodrama, A Guerra encerra de forma brilhante a trilogia que revitalizou a franquia. NOTA: 8,0

BINGO – O REI DAS MANHÃS  2017 (1h 53min)

Direção: Daniel Rezende

Elenco: Vladimir Brichta, Leandra Leal, Augusto Madeira mais

Gêneros Drama, Biografia, Comédia

Nacionalidade Brasil

Cinebiografia de Arlindo Barreto, um dos intérpretes do palhaço Bozo no programa matinal homônimo exibido pelo SBT durante a década de 1980. Barreto alcançou a fama graças ao personagem, apesar de jamais ser reconhecido pelas pessoas por sempre estar fantasiado. Esta frustração o levou a se envolver com drogas, chegando a utilizar cocaína e crack nos bastidores do programa.

Montador das maiores produções nacionais da última década, como Tropa de Elite e Cidade de Deus, Daniel Rezende estreia de forma brilhante na direção de um longa. O diretor recria o Brasil da década de 80 de forma primorosa e ainda rende um drama humano de primeira. Quem conhece Vladimir Brichita de comédias bobinhas em novelas globais, vai se assustar com o trabalho incrível do ator como o Bingo. NOTA:9,5