TEMER NÃO DESISTIU DE PRIVATIZAR A CHESF, ADVERTE LAURA GOMES

O Governo Federal desistiu de enviar Medida Provisória ao Congresso para a privatização do Sistema Eletrobrás, incluindo a CHESF. O recuo de Temer parece um passo atrás para dar dois passos adiante. Embora desautorize a suspeita presa do Ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra Filho, nada indica que jogar o problema para 2018, por meio de Projeto de Lei, signifique uma vitória final da Frente Parlamentar de Pernambuco, contra a privatização. Esse é o entendimento da deputada Laura Gomes

   Na visão da socialista, integrante da Coordenação da Frente, na ALEPE, “Assim como nós nunca iremos permitir o aumento da conta de luz para pagar a entrega das águas do São Francisco a grupos privados, eles, os vendedores do patrimônio do povo brasileiro, também não vão desistir”

   Para a deputada de Caruaru, “a mudança de encaminhamento é só uma manobra esperta”. E reforça: “vamos aproveitar o tempo dilatado para intensificar e ampliar nossa luta. Não deixaremos o patrimônio do povo ser vendido a preço vil, como foi o caso do leilão do petróleo do Pré-sal”.