Nos pênaltis, Porto perde para a Cabense e está eliminado

TEXTO POR ALLYSON RODRIGUES

O Porto perdeu neste domingo para a Cabense e perdeu a chance de voltar para a elite do Futebol Pernambucano em 2018. A eliminação precoce nas quartas-de-final da competição já era anunciada por uma equipe que não empolgou o torcedor em momento nenhum. Foram apenas três vitória em oito jogos na primeira fase, sendo duas delas para o eliminado Chã Grande, que não venceu ninguém.

Contra o Pesqueira foram duas derrotas, contra o Decisão foi uma derrota dentro de casa e um empate fora. Contra o Sete foi uma vitória fora de casa e um empate em casa. Resultados que classificaram o Porto na quarta posição do Grupo B da Série A2 e colocou a Cabense no caminho do Gavião.

QUARTAS DE FINAL CONTRA A CABENSE

Contra o primeiro lugar do Grupo A esperava-se um adversário mais complicado para o Porto. Não foi o que se viu. A Cabense veio até Caruaru apenas para se defender e acabou tomando um no final de jogo numa jogada individual de Marlon.

No jogo da volta, o Porto levou dois gols em menos de 20 minutos, Jorge diminuiu aos 23. Resultado que levaria para disputa de pênaltis. Porém, aos 39 da primeira etapa, a Cabense ficou com um homem a menos após a expulsão de Eder, pelo segundo cartão amarelo.

O Porto não partiu pra cima na segunda etapa como se esperava. A Cabense voltou do intervalo disposta a ver apenas o tempo passar, não passou do meio campo. O Porto covardemente aceitou tocar a bola na intermediária do adversário, sem nunca assustar o gol defendido por Rodrigo Carvalho. Foi apenas um chute defendido pelo arqueiro da Cabense em toda segunda etapa. 

Nos pênaltis, Marquinhos deu o último lampejo de brilho e o último suspiro do time defendendo duas cobranças. Mas Jorge e Nem mandaram pra fora, enquanto Hugo parou nas mãos de Rodrigo Carvalho.

O Porto volta a jogar apenas em 2018, no segundo semestre.