Lançamentos em DVD: outubro de 2017 - por Allyson Rodrigues

GUARDIÕES DAS GALAXIAS VOL.2 2017 (2h 16min)

Direção: James Gunn (II)

Elenco: Chris Pratt, Zoe Saldana, Dave Bautista

Gêneros Ação, Ficção científica, Comédia

Nacionalidade EUA

Agora já conhecidos como os Guardiões da Galáxia, os guerreiros viajam ao longo do cosmos e lutam para manter sua nova família unida. Enquanto isso tentam desvendar os mistérios da verdadeira paternidade de Peter Quill (Chris Pratt).

Sucesso surpreendente em 2014, os produtores não quiseram saber de correr riscos e repetiram praticamente a mesma receita do original. A sensação de já ter rido daquela mesma piada é constante e nem mesmo as participações especiais que contam com nomes com Kurt Russel ou Sylvester Stallone rendem alguma surpresa. NOTA: 6,0

CORRA 2017 (1h 44min)

Direção: Jordan Peele

Elenco: Daniel Kaluuya, Allison Williams, Catherine Keener mais

Gênero Suspense

Nacionalidade EUA

Chris (Daniel Kaluuya) é jovem negro que está prestes a conhecer a família de sua namorada caucasiana Rose (Allison Williams). A princípio, ele acredita que o comportamento excessivamente amoroso por parte da família dela é uma tentativa de lidar com o relacionamento de Rose com um rapaz negro, mas, com o tempo.

O diretor Jordan Peele transforma um dos maiores medos de qualquer homem, que é conhecer os pais da namorada, num filme de terror moderno, esperto e com muito humor negro. A medida que as situações vão acontecendo a paranoia aumenta na cabeça de Chris e contar qualquer coisa a mais que isso vai estragar a trama cheia de reviravoltas. Imperdível. NOTA: 9,0

MULHER-MARAVILHA 2017 (2h 21min)

Direção: Patty Jenkins

Elenco: Gal Gadot, Chris Pine, Connie Nielsen mais

Gêneros Ação, Aventura, Fantasia

Nacionalidade EUA

Treinada desde cedo para ser uma guerreira imbatível, Diana Prince (Gal Gadot) nunca saiu da paradisíaca ilha em que é reconhecida como princesa das Amazonas. Quando o piloto Steve Trevor (Chris Pine) se acidenta e cai numa praia do local, ela descobre que uma guerra sem precedentes está se espalhando pelo mundo e decide deixar seu lar certa de que pode parar o conflito. Lutando para acabar com todas as lutas, Diana percebe o alcance de seus poderes e sua verdadeira missão na Terra.

A DC ainda não acertou um grande filme, mas achou em Mulher-Maravilha a chance de emplacar de vez e tentar repetir o sucesso da Marvel nos cinemas. Gal Gadot foi o grande achado do estúdio, mas tem contra uma trama rasa e previsível, embora tudo seja emoldurado numa embalagem de encher os olhos. NOTA: 6,5

A MÚMIA 2017 (1h 51min)

Direção: Alex Kurtzman

Elenco: Tom Cruise, Sofia Boutella, Annabelle Wallis mais

Gêneros Fantasia, Aventura, Terror

Nacionalidade EUA

Na Mesopotâmia, séculos atrás, Ahmanet (Sofia Boutella) tem seus planos interrompidos justamente quando está prestes a invocar Set, o deus da morte, de forma que juntos possam governar o mundo.  Mumificada, ela é aprisionada dentro de uma tumba. Nos dias atuais, o local é descoberto por acidente por Nick Morton (Tom Cruise) e Chris Vail (Jake Johnson), saqueadores de artefatos antigos que estavam na região em busca de raridades.

A Múmia faz parte de um projeto da Universal de transformar seus monstros em franquia. Trouxe um nome de peso como Tom Cruise nesta bem divertida aventura que lembra muito as aventuras de Indiana Jones. NOTA: 7,0

REI ARTHUR – A LENDA DA ESPADA  2017 (2h 06min)

Direção: Guy Ritchie

Elenco: Charlie Hunnam, Astrid Bergès-Frisbey, Jude Law

Gêneros Ação, Aventura, Fantasia

Nacionalidades EUA, Austrália, Reino Unido

Arthur (Charlie Hunnam) é um jovem das ruas que controla os becos de Londonium e desconhece sua predestinação até o momento em que entra em contato pela primeira vez com a Excalibur. Desafiado pela espada, ele precisa tomar difíceis decisões, enfrentar seus demônios e aprender a dominar o poder que possui para conseguir, enfim, unir seu povo e partir para a luta contra o tirano Vortigern, que destruiu sua família.

Guy Ritchie (da franquia Sherlock Holmes) empresta seu estilo acelerado para criar um Rei Arthur ao estilo Game of Thrones. Com montagem e diálogos rápidos Ritchie entrega uma obra divertida que não vai além disso. NOTA: 6,0