Queiroz cobra homenagem a Campos e sobe no palanque da FPP.

Em que pese toda situação complicada na qual se encontra o Partido Democrático Trabalhista no campo das alianças políticas no Brasil a fora, piorada com a decisão da Direção Nacional de impor às bases a verticalização, obrigando os Diretórios Estaduais a reeditarem a coligação com o Partido dos Trabalhadores, fato esse que pode inviabilizar a candidatura à reeleição do Deputado Federal Wolney Queiroz, o Prefeito de Caruaru, José Queiroz de Lima, deu provas cabais de que não se afastará do palanque da Frente Popular de Pernambuco, bem como, acompanhará a candidatura do presidenciável Eduardo Campos do PSB.

Queiroz abriu o vozeirão já no sábado durante a cerimônia de inauguração do Hospital do Agreste Mestre Vitalino. Fez elogios ao Ministro da Saúde presente no ato, ressaltou a importância e a obrigação que a Federação tem no repasso dos recursos, mas frisou vorazmente a participação do Estado durante os quase oito anos de gestão de Eduardo Campos à frente do Palácio das Princesas, destacando que, juntos, elevaram Caruaru ao que poderá se transformar no mais avançado polo médico do interior. Não se esqueceu de registrar os passos dados ao lado do Secretário de Saúde João Lyra, falando da reforma de uma policlínica que fora construída pela gestão de Lyra Neto como prefeito.

Obstinado a seguir os passos do Neto de Arraes, o Prefeito cobrou homenagem ao ex-governador como o maior responsável pela construção do Mestre Vitalino alegando ser uma questão de justiça e de mérito. Não satisfeito e para dirimir qualquer dúvida, uma vez que em Caruaru PDT e PTB foram sempre “carne e unha”, no domingo, José Queiroz compareceu à convenção do PSB para uma clara demonstração de apoio ao candidato socialista Paulo Câmara, engrossando a fileira da mais ampla aliança política e eleitoral do Estado. Agora não se sabe como se posicionará a direção nacional pedetista com relação a essa postura do seu renomado filiado mais antigo.

A decisão do líder pedetista pernambucano cria uma situação de constrangimento na capital do agreste para a dupla PDT/PTB e pode forçar o médico cardiologista e vereador Demóstenes Veras, candidato do Senador Douglas Cintra, a escolher, se não desistir, outra dobradinha que não seja com Wolney Queiroz. Veras depende dessa disputa para sonhar com a Prefeitura de Caruaru em 2016, contra as candidaturas do PSB e do PMDB. Se fizer outra dobradinha, a candidatura do filho de Queiroz entra em risco. O Deputado precisa repetir a votação de 2010. Mesmo com tudo isso posto, José Queiroz arregaçou as mangas e entrou nas campanhas de Campos e de Câmara.