Lançamentos em DVD: junho de 2016 - por Allyson Rodrigues

 

O EXPERIMENTO DE APRISIONAMENTO DE STANFORD 2016 para DVD (2h 02min)

Direção: Kyle Patrick Alvarez

Elenco: Billy Crudup, Ezra Miller, Michael Angarano

Gêneros: Drama, Suspense

Nacionalidade: Eua

Vinte e quatro estudantes do sexo masculino são selecionados para um experimento na Universidade de Stanford. No porão do campus, uma prisão simulada é construída. Tudo para provar a teoria do professor de psicologia Philip Zimbardo (Billy Crudup) de que os traços de personalidade dos prisioneiros e guardas são a principal causa de comportamentos abusivos entre eles. Agora, uma investigação é feita para saber as causas desse conflito.

Ótimo drama sobre a natureza humana que é amparado por atuações impecáveis e impressiona pela forma de como o ser humano é suscetível ao mal. NOTA: 8,0

CAROL 2016 (1h 58min)

Direção: Todd Haynes

Elenco: Cate Blanchett, Rooney Mara, Kyle Chandler

Gêneros: Drama, Romance

Nacionalidades: Reino Unido, Eua

A jovem Therese Belivet (Rooney Mara) tem um emprego entediante na seção de brinquedos de uma loja de departamentos. Um dia, ela conhece a elegante Carol Aird (Cate Blanchett), que está se divorciando, também não está contente com a sua vida. As duas se aproximam cada vez mais e, quando o ex-marido de Carol a impede de passar o Natal com a filha, ela convida Therese a fazer uma viagem pelos Estados Unidos.

Com uma produção bem construída e contando com duas atrizaes talentosas encabeçando o elenco, falta em Carol fio condutor que desenvolva a paixão das protagonistas de forma intensa. A falta dessa estrutura narrativa, mais o ritmo lento diminui o impacto ao que o filme se propôs. NOTA: 6,0

BROOKLIN 2016 (1h 53min)

Direção: John Crowley

Elenco: Saoirse Ronan, Domhnall Gleeson, Emory Cohen mais

Gêneros Drama, Romance

Nacionalidades Irlanda, Reino unido, Canadá

A jovem irlandesa Ellis Lacey (Saoirse Ronan) se muda de sua terra natal e vai morar em Brooklyn para tentar realizar seus sonhos. No ínicio de sua jornada nos Estados Unidos, ela sente falta de sua casa, mas ela vai tentando se ajustar aos poucos até que conhece e se apaixona por Tony (Emory Cohen), um bombeiro italiano. Logo, ela se encontra dividida entre dois países, entre o amor e o dever.

Dramas de imigração sempre rendem bons filmes em Hollywood, e com a personagem vivida por Saoirse Ronan não é diferente.  Apesar de não enfrentar grandes tragédias, a adaptação da moça a sua nova vida é confrontada com um anuncio inesperado que a faz voltar para a Irlanda e confrontar uma nova realidade, mas nem tudo é tão simples quanto se imagina. NOTA: 8,5

STARWARS – O DESPERTAR DA FORÇA 2015 (2h 15min)

Direção: J.J. Abrams

Elenco: Daisy Ridley, John Boyega, Adam Driver mais

Gênero:  Aventura, Ação, Ficção científica

Nacionalidade: Eua

Décadas após a queda de Darth Vader e do Império, surge uma nova ameaça: a Primeira Ordem. Eles conseguem capturar um dos principais pilotos da Resistência, que está em posse de um mapa de onde vive o mitológico Luke Skywalker (Mark Hamill). Ao cair pelo deserto, o mapa acaba com a jovem Rey (Daisy Ridley), que vive sozinha catando destroços de naves antigas. Ela recebe a ajuda de Finn (John Boyega), um stormtrooper que decide abandonar o posto repentinamente e ajudar os rebeldes.

O pontapé inicial demostra um futuro promissor para um novo recomeço para franquia. Apesar da presença dos personagens da primeira trilogia, o filme é dos jovens Rey, Finn e Poe, que compõem um trio carismático que segura praticamente sozinhos a produção. Que responsabilidade. NOTA:7,5 

DEADPOOL 2016 (1h 48min)

Direção: Tim Miller
 
Elenco: Ryan Reynolds, Morena Baccarin, Ed Skrein
 
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia
 
Nacionalidade: Eua, Canadá
 
Ex-militar e mercenário, Wade Wilson (Ryan Reynolds) é diagnosticado com câncer em estado terminal, porém encontra uma possibilidade de cura em uma sinistra experiência científica. Recuperado, com poderes e um incomum senso de humor, ele torna-se Deadpool e busca vingança contra o homem que destruiu sua vida.
 
Com um humor ácido e politicamente incorreto, Deadpool dá um upgrade nos filmes de super heróis mostrando que nada mais será o mesmo no gênero. O humor anárquico é dosado com boas cenas de ação e tem espaço até pra uma história de amor pra lá de inusitada. Imperdível. NOTA: 9,0