Pós-Campanha de Vacinação Antirrábica acontece durante o mês de junho na zona rural de Caruaru

 

A Campanha Nacional de Vacinação Antirrábica que aconteceu no mês de maio, foi um sucesso em Caruaru. Mais de 29 mil animais foram imunizados contra a raiva, entre zona rural e urbana. No entanto, a meta ainda não foi alcançada. Devido a isto, a Secretaria de Saúde, através da gerência de Vigilância Ambiental, estenderá a vacinação na zona rural do município.
As comunidades que irão receber as equipes, nas seguintes datas, são:

 Vila Murici e Sítio Lagoa Paulista, (7); Vila Lagoa de Pedra e Sítio Cajazeiras, Sítio Veado Mago e povoado de Pau Santo, (8); Gonçalves Ferreira e Terra Vermelha, (9); Vila Xique-Xique, Serrote dos Bois, Malhada de Pedra e Serra Vermelha, (12); Distrito I, Cipó, Serra Velha e Sítio Sanguím, (13); Povoado de Lajes, Jacaré Grande, (14); Vila Canaã, (15); Juriti e Acentamento Normandia, (16);

Os criadores de cães e gatos deverão levar os seus animais até o posto de vacinação destas localidades, para que possam ser vacinados. O departamento de Vigilância Ambiental salienta que os cães de pequeno porte devem estar de coleira e guia, já os cães maiores deverão estar com focinheira. Crianças não podem ser as condutoras dos animais na hora da vacinação.

Para quem não imunizou o seu cão ou gato, a vacina está disponível na Gerência de Proteção Animal ou no Centro de Zoonoses, que ficam localizados na Rua Cultura, bairro Indianópolis e no Alto do Moura, respectivamente, e funcionam de segunda à sexta-feira, das 8h às 13h.

Fique por dentro: A raiva é uma zoonose viral que se caracteriza como uma encefalite progressiva aguda e letal. A doença apresenta dois principais ciclos de transmissão: urbano e silvestre, sendo o urbano passível de eliminação, por se dispor de medidas eficientes de prevenção, tanto em relação ao ser humano quanto à fonte de infecção. A imunidade é conferida por meio de vacinação, acompanhada ou não por soro. A transmissão da raiva se dá pela penetração do vírus contido na saliva do animal infectado, principalmente pela mordedura.